Catégoria

Vizinha gostoza que me fez gozar com sua bucetana

Você estava sozinho em casa quando ouviu uma batida na porta. Era sua vizinha gostosa, usando apenas um roupão fino. Ela pediu para entrar, dizendo que precisava de ajuda com algo. Você a convidou para dentro e ela deixou o roupão cair no chão, revelando seu corpo nu e perfeito. Ela disse que precisava de você agora, e começou a acariciar seu corpo. Você sentiu sua buceta ficando molhada enquanto ela guiava sua mão até ela. Você gemeu ao tocar sua buceta quente e macia. Ela sussurrou para você gozar com força dentro dela.

A Vizinha Gostosa Que Me Fez Gozar Com Sua Bucetona

 

Ela era minha vizinha e morava sozinha

Minha vizinha era uma mulher linda, com belos seios e bundão. Sempre que a via passando, meu pau ficava duro. Um dia a vi saindo do chuveiro nua e molhada. Fiquei observando suas belas curvas e seu corpo perfeito.

Chamei-a para tomar uma cerveja

 

Decidi chamá-la para tomar uma cerveja. Conversamos, rimos e bebemos. Percebi que ela também me olhava com desejo. Quando fui ao banheiro, ela me seguiu. Nos beijamos com vontade e tirei sua blusa, expondo seus seios deliciosos. Ela gemeu quando apertei seus mamilos.

Fizemos sexo selvagem e delicioso

 

Levei-a para o quarto e a deitei na cama. Beijei e chupei seus seios enquanto acariciava sua buceta molhada. Ela gemeu e agarrou meu pau, o colocando para fora da cueca. Caímos na cama e fizemos amor selvagem, metendo com força enquanto ela rebolava e gritava de prazer. Gozei dentro dela, enchendo sua buceta com meu sêmen delicioso.

Depois dessa noite de prazer, continuamos nos encontrando para transar e matar nossas vontades. Minha vizinha gostosa se tornou minha amante e confidente, sempre pronta para me receber em sua cama e me presentear com sua buceta quente e apertada.

Como Conheci Minha Vizinha

 

Era um dia quente de verão e eu estava em casa descansando. De repente, ouvi um barulho vindo da casa da vizinha. Uma visão deliciosa Fui verificar o que era e vi pela janela minha vizinha, Carolina, uma morena deslumbrante de 27 anos, se masturbando no sofá da sala. Ela estava com as pernas abertas, uma mão dentro da calcinha e a outra acariciando os seios. Aquela visão me deixou instantaneamente excitado.

Um convite irrecusável

 

Nossa, como ela é gostosa!, pensei. Nesse momento, ela me viu olhando e, para minha surpresa, em vez de ficar brava, sorriu e acenou para que eu fosse até lá. Sem pensar duas vezes, atravessei a rua e fui recebido por aquela deusa. “Gostou do que viu?”, ela perguntou. Confirmei com a cabeça, sem conseguir tirar os olhos de seu corpo perfeito.

Uma transa deliciosa

 

Ela me agarrou e começou a me beijar com vontade, enquanto guiava minha mão para dentro de sua calcinha, que já estava encharcada. Tirei sua roupa rapidamente e comecei a chupar seus seios e buceta, fazendo-a gemer alto. Ela retribuiu com um boquete fantástico, me deixando louco de tesão.

Em seguida, me jogou no sofá e montou em mim, cavalgando freneticamente. Aquela buceta apertada me fez gozar rápido, mas continuei metendo nela com força até fazermos uma segunda rodada, dessa vez com ela de quatro no chão. Foi uma transa deliciosa que me fez esquecer de tudo. Saí de lá exausto mas realizado, pensando em quando poderia repetir aquela dose de prazer.

Nossa Primeira Transa Cheia De Prazer

 

Encontro Casual

 

Um dia, decidi ir até a piscina do prédio aproveitar o sol. Lá estava ela, minha vizinha gostosa, de biquíni, tomando sol. Nossos olhares se cruzaram e percebi que ela me comia com os olhos. Senti meu pau endurecer na hora. Fui até ela, começamos a conversar e logo a pegação foi intensa. Nos beijamos com vontade, nossas mãos percorrendo o corpo um do outro.

Chupando com vontade

 

Ela tirou meu pau para fora, que já estava duro feito pedra, e começou a chupar com vontade. Senti sua língua passando pela cabeça do meu pau, lambendo minhas bolas, enquanto gemia de tesão. Agarrei seus cabelos e comecei a meter fundo em sua boca. Ela engolia tudo, que delícia de boquete!

Comendo sua buceta sem dó

 

Levei-a para o quarto, joguei-a na cama e abri suas pernas. Sua buceta estava encharcada, pronta para ser comida. Comecei a chupar sua buceta sem dó, enfiando minha língua o mais fundo que podia. Ela gemeu alto, agarrando meus cabelos. Quando percebi que ela ia gozar, enfiei meu pau duro de uma vez. Comi sua buceta com força, nossas peles fazendo barulho. Ela gritava de prazer, implorando por mais.

Gozei gostoso dentro dela

 

Meti com vontade, cada estocada mais forte que a outra. Senti suas pernas envolverem minha cintura, me puxando para mais fundo ainda. Gozei gostoso dentro dela, enquanto ela arranhava minhas costas. Caímos exaustos na cama, sorridentes, satisfeitos com nossa primeira transa deliciosa, que com certeza se repetiria muitas vezes.

Nossas Transas Se Tornam Frequentes E Cada Vez Mais Quentes

 

Vizinha,Não Resisti Mais E Fui Até Sua Casa.

 

Vizinha, aquela última conversa que tivemos me deixou totalmente excitado e louco de tesão por você. Não resisti e fui até sua casa. Bati na porta e você atendeu com aquela camisola curta e justa que marcava seu corpo perfeito. Seus seios empinados e sua bunda redonda me hipnotizaram. Sem pensar duas vezes, entrei, fechei a porta atrás de mim e lhe dei um beijo ardente enquanto acariciava seu corpo. Você correspondeu e começamos a nos despir ali mesmo, loucos de desejo.

Nos jogamos no sofá da sala e começamos a transar sem parar.

 

Nos jogamos no sofá da sala e começamos a transar sem parar. Minha língua passeava por seus mamilos endurecidos, enquanto seus dedos ágeis acariciavam meu membro cada vez mais rijo. Coloquei você sentada no sofá, abri suas pernas e comecei a lamber sua buceta molhadinha, sugando seu clitóris e provando seu gosto delicioso. Você gemia e rebolava, pedindo por mais. Penetrei você com força e começamos a transar freneticamente, gozando juntos em êxtase total.

Nossas transas passaram a ser cada vez mais intensas e quentes.

 

Daquele dia em diante, nossas transas passaram a ser cada vez mais intensas e quentes. Não conseguíamos ficar longe um do outro. Sempre que possível, eu ia até sua casa ou você vinha até a minha. Explorávamos cada canto de nossos corpos, testávamos posições ousadas e lugares inusitados para transar. Nossa buceta e rola não tinham descanso, sempre prontas para mais uma foda deliciosa. Vizinha, você se tornou minha amante perfeita.

Conclusão

Você sente os espasmos do orgasmo tomando conta do seu corpo enquanto goza dentro dela. Seus gemidos se misturam aos dela enquanto vocês chegam ao clímax juntos. Depois de recuperar o fôlego, vocês se beijam apaixonadamente. Ela sussurra no seu ouvido o quanto adorou transar com você. Você sorri e diz que o sentimento é mútuo. Aquela tarde na casa da vizinha gostosa ficará para sempre gravada em sua memória como uma das melhores fodas da sua vida. Você sabe que aquela não será a última vez que irá provar daquela buceta deliciosa e mal pode esperar pelo próximo encontro.

 

Compartilhe a postagem:

Postagens Relacionadas.

Meu Xoxotão Alaga a Cama Quando Gozo

E aí, beleza? Sempre que me olho no espelho, não consigo deixar de admirar o tamanho do meu xoxotão. Ele é tão grande e carnudo que parece ter vida própria! Quando me deito na cama, meu xoxotão fica todo espalhado, ocupando um espaço enorme. Às vezes até preciso colocar travesseiros embaixo dele para não ficar todo amassado. E quando gozo? Nem se fala! Meu xoxotão fica pulsando e se contorcendo feito uma grande fera faminta. Os lençóis ficam todos encharcados e o quarto inteiro cheira a sexo. É uma delícia! Então se você quer saber mais sobre meu xoxotão alaga a cama quando gozo, continue lendo. Estou louca para compartilhar todas as minhas experiências eróticas com esse pedaço de carne tão especial.

Read More

Meu Treino Na Academia Terminou Do Jeito Mais Inesperado

E aí galera, tudo beleza? Hoje vou contar pra vocês uma história maluca que rolou outro dia na academia. Eu tava lá fazendo meu treino de sempre, quando uma mina que não curte muito a minha cara resolveu dar uma de engraçadinha comigo. Ela ficou me perturbando e jogando umas indiretas, sabe como é né? Daí eu fiquei bolado, mas ao mesmo tempo achei ela gostosa pra caramba. No fim das contas a gente acabou transando dentro do vestiário mesmo! E ela adorou, viu? Pediu mais, gemeu, implorou pra eu comer com força. Foi muito doido! Querem saber o que rolou? Então senta aí que vou contar todos os detalhes…

Read More
plugins premium WordPress